Notícias

Ver todas

Jornal UFG

Ver Todas

Eventos

  • sbcas2024

    Simpósio Brasileiro de Computação Aplicada à Saúde (SBCAS) 2024

    25 - 28

    Clique aqui para acessar o site do evento

    Simpósio Brasileiro de Computação Aplicada à Saúde (SBCAS) 2024

    O Simpósio Brasileiro de Computação Aplicada à Saúde (SBCAS) é um dos principais fóruns de divulgação científica e de encontro de pesquisadores das áreas de computação e saúde. Este evento, que ocorrerá de 25 a 28 de junho de 2024 em Goiânia-GO, está sendo organizado pela Universidade Federal de Goiás (UFG).

    O SBCAS é o principal evento nacional organizado pela Comissão Especial de Computação Aplicada à Saúde (CE-CAS) da Sociedade Brasileira de Computação (SBC). O SBCAS teve sua origem no Workshop de Informática Médica (WIM), evento consolidado e reconhecido nacionalmente, com 17 edições realizadas regularmente entre 2001 e 2017. A partir de 2018, WIM passou a se chamar SBCAS.

    A mudança de nome e de “status” do evento teve como principal objetivo o estabelecimento de uma marca atualizada com o campo de pesquisa cada vez mais interdisciplinar, bem como intensificar a presença da SBC na comunidade atuante na área, proporcionando maior impacto e visibilidade. 

    O evento almeja desenvolver atividades voltadas a diversos temas, dentre os quais destacam-se: inteligência artificial aplicada a saúde, processamento de sinais e imagens médicas, diagnóstico auxiliado por computador, sistemas de apoio a decisão clínica, Internet das Coisas aplicada à saúde, redes corporais sem fio, novas terapias inovadoras através de jogos sérios, realidade virtual e aumentada, sistemas multimídia imersivos, etc.

     

  • Banner Arlindo galvão

    Café com ciência "A revolução da IA generativa em tecnologias imersivas e o AKCIT: impulsionando o Brasil como referência global"

    25
    Café com ciência "A revolução da IA generativa em tecnologias imersivas e o AKCIT: impulsionando o Brasil como referência global"

    O professor Arlindo Galvão apresenta a transformação que a IA generativa está causando nas tecnologias imersivas e as oportunidades que o AKCIT - Centro de Competência em Tecnologias Imersivas, oferece para empresas, pesquisadores e entusiastas. 
    Resumo: Esta palestra abordará a profunda transformação que a IA generativa está causando nas tecnologias imersivas, abrindo um leque de possibilidades sem precedentes. Exploraremos como essa revolução impacta a criação de experiências imersivas, tornando-as mais acessíveis, personalizadas e impactantes. Apresentaremos também o AKCIT - Centro de Competência em Tecnologias Imersivas, uma iniciativa inovadora do CEIA-UFG. O AKCIT surge com a missão de colocar o Brasil na vanguarda desse movimento global, impulsionando pesquisa, desenvolvimento e formação de talentos. Abordaremos as oportunidades que o AKCIT oferece para empresas, pesquisadores e entusiastas, consolidando o país como referência em tecnologias imersivas no cenário mundial.
  • 1ª_Audiência_Pública_PDDU-GYN

    1ª Audiência Pública do Plano Diretor de Drenagem Urbana de Goiânia (PDDU-GYN)

    26

    Participe também inscrevendo-se na audiência pública, clicando aqui

    Para acompanhar a transmissão do evento pelo canal UFG Oficial no YouTube, clique aqui

     

    1ª_Audiência_Pública_PDDU-GYN

     

    1ª Audiência Pública do Plano Diretor de Drenagem Urbana de Goiânia (PDDU-GYN)

    Faça já sua inscrição pelo link: https://docs.google.com/forms/d/1BD2O2yYYvLe-PUEx80M-B9mXI6QuIKQXs_SuNSNPHOo/edit

    A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana (Seinfra), da Agência de Regulação de Goiânia (AR) e do Conselho Municipal de Saneamento Básico de Goiânia, tem a honra de convidar para a primeira audiência pública do Plano Diretor de Drenagem Urbana de Goiânia (PDDU-GYN).Na oportunidade, será apresentado o Diagnóstico das Bacias Hidrográficas dos córregos Cascavel, Botafogo, Macambira e Taquaral.

    Data: 26 de junho de 2024
    Horário:
    8h - Credenciamento e identificação das autoridades pela equipe do Cerimonial
    8h30 - Início da Audiência Pública
    Local: Auditório do Paço Municipal (6º andar)

    Faça já sua inscrição pelo link: https://docs.google.com/forms/d/1BD2O2yYYvLe-PUEx80M-B9mXI6QuIKQXs_SuNSNPHOo/edit

    Saiba mais em:
    https://pddugyn.goiania.go.gov.br
    https://www.goiania.go.gov.br/arg/audiencias-publicas/audiencia-publica-no-04-2024-plano-de-drenagem/
    https://www.goiania.go.gov.br/seinfra

     

     

  • Simpósio Mudança do Clima e Saúde no Cerrado 2024

    Simpósio Mudança Climática e Saúde no Cerrado

    27 - 28

    O Cerrado é o segundo maior bioma do Brasil, cobrindo aproximadamente 2 milhões de quilômetros quadrados (km2), cerca de 22% do território nacional. Savana mais rica do mundo em termos de biodiversidade, o Cerrado abriga cerca de 5% das espécies do planeta, incluindo inúmeras espécies endêmicas. Ele desempenha um papel crucial na regulação do clima, na conservação de recursos hídricos e na manutenção da biodiversidade. Além disso, é fonte de importantes serviços ecossistêmicos, como a polinização de culturas agrícolas, a formação do solo e a ciclagem de nutrientes.

    Apesar de sua importância ecológica, o Cerrado enfrenta uma intensa pressão antrópica. Nas últimas décadas, cerca de 50% de sua vegetação nativa já foi convertida para uso agropecuário. Dados do Mapbiomas, mostram que, em 2023, o Cerrado superou a Amazônia em novas áreas desmatadas - 61% de todo o desmatamento registrado no país no ano passado aconteceram no bioma. Foram mais de 1,1 milhão de hectares devastados.

    O desmatamento e as queimadas estão entre as principais causas de mudanças ambientais com impactos sobre a saúde humana, entre elas doenças respiratórias, zoonoses em função de alterações nos ciclos de vetores, doenças de veiculação hídrica trazidas pela urbanização sem controle e poluição da água, sobretudo. 

    A esses fatores, somam-se, de forma cada vez mais intensa, as alterações trazidas pelas mudanças climáticas, que tendem a prolongar a estação seca, a trazer chuvas mais intensas e concentradas e ondas de calor.

    Que impactos sobre a saúde podemos esperar em função dessas novas mudanças, e como eles se distribuirão pelos 2,2 milhões de km2 do bioma? Como impactarão o sistema de saúde? Como nos anteciparmos a elas e criarmos estratégias de mitigação e adaptação?

    Para responder a essas perguntas, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Universidade Federal de Goiás (PPGCiamb/UFG) realizarão o Simpósio "Mudança do Clima e Saúde no Cerrado", nos dias 27 e 28 de junho de 2024.

    Programação

    Data: 27 e 28 de junho de 2024
    Local: Universidade Federal de Goiás
    Organização: Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais (PPG Ciamb/UFG) e Fundação
    Oswaldo Cruz (Fiocruz)

    Dia 27/6
    Painel "Mudanças Climáticas no Cerrado e Impactos sobre a Saúde"
    Local: Auditório da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação da UFG
    8h30 - Abertura
    Daniela de Melo e Silva (Ciamb/UFG)
    Guilherme Franco Netto (Fiocruz)
    9h-12h Painel Mudança do Clima e Saúde no Cerrado
    Raquel Santiago (Faculdade de Nutrição/UFG)
    Rosane Colevatti (Instituto de Ciências Biológica/UFG)
    Karla Longo (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - Inpe) (a confirmar)
    Adriana Gioda (Departamento de Química/Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-RJ)
    Murilo Mendonça (Departamento Geografia/Universidade Estadual de Goiás - UEG)
    Moderador: Fausto Miziara (Ciamb/UFG)
    Dia 28/6
    Local: Auditório da Biblioteca Central UFG e CDIM/UFG
    Horário: 8h às 12h
    Oficina de Planejamento: "Prospecção Mudança Climática e Saúde no Cerrado"
    (restrita a convidados)
  • congresso brasileiro de parasitologia (2)

    XXII Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária

    10 - 13

    congresso brasileiro de parasitologia (2)

    XXII Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária

    A cidade de Pirenópolis, localizada a 128 km de Goiânia, será o palco do XXII Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária (CBPV) nos dias 10 a 13 de novembro de 2024. O evento é organizado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio de membros do Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública (Iptsp) e da Escola de Veterinária e Zootecnia (EVZ), em colaboração com o Colégio Brasileiro de Parasitologia Veterinária. Com o tema "Parasitologia Veterinária Aplicada: em busca de soluções e inovações", o congresso, pela primeira vez realizado em Goiás, espera atrair aproximadamente 700 participantes de todos os estados brasileiros, incluindo estudantes, pesquisadores e profissionais da medicina veterinária e áreas afins.

    Interessados em participar já podem se inscrever pelo site do CBPV (https://cbpv2024.com.br) que segue um cronograma com alteração de valores de acordo com a categoria do participante e data de aquisição. A inscrição paga dará acesso à programação, showroom tecnológico, sessão de pôsteres, coffee breaks, kit do congressista e certificado de participação. Além do mais, a submissão de Resumos pode ser feita até o dia 26 de julho de 2024, e deve abordar pelo menos uma das três grandes áreas da Parasitologia, que são: Artropodologia, Helmintologia e Protozoologia e outros agentes transmitidos por vetores.

    O professor Éverton Kort Kamp Fernandes, do Iptsp e presidente da Comissão Executiva do CBPV, ressalta que o evento terá um impacto significativo, especialmente devido ao aumento notável da participação de empresas do agronegócio e saúde animal nesta edição. Destaca-se a presença da farmacêutica americana Zoetis na categoria diamante, enquanto na categoria ouro figuram: MSD Saúde Animal, Elanco Saúde Animal, Boehringer Ingelheim Saúde Animal e Ourofino Saúde Animal. Na categoria prata estão as empresas como Champion Saúde Animal e Vetoquinol, e por fim, na categoria bronze estão, Biogénesis Bagó e Ceva Saúde Animal. A colaboração dessas empresas multinacionais e nacionais, líderes na indústria farmacêutica-veterinária, certamente contribuirá para enriquecer ainda mais o XXI Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária (CBPV) em Goiás.

    “Quando começamos a pensar na programação do congresso, decidimos que seria muito importante trazermos a experiência de grandes empresas para dentro do evento, como também ajudar a estreitar esse caminho para estudantes de graduação e pós-graduação, pois eles já vêm sendo preparados para academia, portanto,  é crucial que eles percebam cada vez mais a indústria como mercado de trabalho e lugar para o desenvolvimento de suas pesquisas”, explica coordenador do congresso, Éverton Kort Kamp Fernandes, que também demonstra extrema gratidão por toda a equipe que tem trabalhado intensamente na preparação do congresso.

    Parasitologia brasileira 

    O presidente da Comissão Científica do CBPV e docente do instituto, Caio Márcio de Oliveira Monteiro fala com entusiasmo do evento, que reúne estudantes, professores e pesquisadores do ramo de todo o país. Além dos pesquisadores e estudantes da UFG, o XXI Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária (CBPV) contará com a participação de renomadas instituições ligadas à parasitologia no Brasil. Entre elas, destacam-se a Embrapa Pecuária Sudeste, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Universidade Federal do Maranhão (Ufma), Instituto de Pesquisas Veterinárias Desidério Finamor do Rio Grande do Sul (IPVDF), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual Paulista de Botucatu (Unesp), Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Universidade Estadual de Londrina (UEL) e Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). A presença dessas instituições e seus respeitados pesquisadores prometem enriquecer ainda mais o debate científico  e o intercâmbio de conhecimentos  durante o CBPV.

    O professor Caio Márcio de Oliveira Monteiro destaca a magnitude do evento, prevendo a submissão de aproximadamente 600 trabalhos para apresentações de pôsteres, com base em edições anteriores do CBPV. Ele enfatiza que, além dos pesquisadores, as empresas também desempenharão um papel crucial na avaliação e premiação dos melhores trabalhos. "Como é de praxe, teremos comissões científicas específicas para cada área, mas nesta edição, de forma inédita, teremos representantes das indústrias participando da avaliação. Isso é muito gratificante, pois demonstra o maior envolvimento dessas empresas com o evento." Monteiro  acrescenta que algumas das empresas parceiras e patrocinadoras estão propondo palestras e outras atividades para aprimorar ainda mais o congresso.

    Parceiros 

    A equipe organizadora inclui também o docente da EVZ e vice-presidente do CBPV, Felipe Silva Krawczak; o professor do Iptsp, Welber Daniel Zanetti Lopes, atuando como tesoureiro; e Diana de Lima Borges, responsável pela Secretaria Geral. Além disso, a Comissão de Apoio Local conta com a participação de outros docentes e estudantes dos programas de pós-graduação do Iptsp e EVZ, como o Programa de Pós-Graduação em Medicina Tropical e Saúde Pública (PPGMTSP), o Programa de Pós-Graduação em Biologia da Relação Parasito-Hospedeiro (PPGBRPH), o Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal (PPGCA), além dos cursos de graduação em Biotecnologia e Medicina Veterinária, ambos da UFG.

    O XXII Congresso Brasileiro de Parasitologia Veterinária (CBPV) é realizado com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Goiás (CRMV-GO) e Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg). A programação do evento será disponibilizada em breve e aproveite também para seguir o perfil no Instagram do XXII CBPV pelo @congressocbpv .

    Fonte: Comissão de Comunicação IPTSP

Ver todos

A UFG

A Universidade Federal de Goiás foi fundada em 1960 com a fusão de cinco faculdades já existentes. Com 105 cursos de graduação, mais de 6 mil vagas disponíveis por ano na graduação e mais de 28 mil alunos, está presente nas cidades de Goiânia, Aparecida de Goiânia e Goiás. Além da graduação, a UFG oferece 101 cursos de pós-graduação entre mestrados, doutorados e mestrados profissionais.

Reitoria UFG

Galeria de Fotos

Localização
Campus Goiânia
Campus Goiás
Campus Aparecida de Goiânia
Clique para carregar o mapa

Campus Samambaia

Avenida Esperança s/n

Campus Colemar Natal e Silva

5ª Avenida - Setor Leste Universitário

Campus Aparecida de Goiânia

Estrada Municipal, Quadra E Área Lote 04, Bairro Fazenda Santo Antônio, Aparecida de Goiânia - GO

Clique para carregar o mapa

Campus Jatobá - Cidade Universitária

BR 364, km 195, nº 3800

CEP 75801-615

Campus Riachuelo

Rua Riachuelo, CP 03

CEP 75804-020

Clique para carregar o mapa

Campus I

Av. Dr. Lamartine Pinto de Avelar, 1120

Setor Universitário - CEP 75704-020

Campus II

Avenida Castelo Branco, s/n

Setor Universitário - CEP 75704-020

Clique para carregar o mapa

Avenida Bom Pastor, S/n - Setor Areião, Goiás

Clique para carregar o mapa

Estrada Municipal, Quadra E Área Lote 04, Bairro Fazenda Santo Antônio, Aparecida de Goiânia - GO