Reino Unido
Faculdade de Medicina.png

Faculdade de Medicina e SMS atendem pacientes com COVID-19 por meio da Telemedicina

Criada em 26/03/20 13:40. Atualizada em 26/03/20 16:45.

Serviço irá acompanhar pacientes em tratamento domiciliar por meio de atendimento remoto

Fonte: Secretaria Municipal de Saúde - Goiânia

A SMS Goiânia, em parceria com a Telemedicina da Faculdade de Medicina da UFG e a Pró Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC/UFG) iniciaram nesta semana o monitoramento dos casos suspeitos e confirmados de coronavírus, que foram notificados à Vigilância Epidemiológica do município e que permanecem em casa em isolamento domiciliar.

Esta iniciativa foi da SMS Goiânia, que sob a liderança da Dra. Fátima Mrué, buscou a UFG para implantar este serviço por meio da Telemedicina da Faculdade de Medicina. O objetivo é cuidar e monitorar os pacientes com suspeita ou confirmação de coronavírus, buscando a identificação precoce de sinais de alerta da doença.

telemedicina

A equipe que faz esse monitoramento é composta por profissionais de saúde disponibilizados pela SMS Goiânia. A equipe multiprofissional é composta por médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, educador físico. O monitoramento será feito nos 7 dias da semana, das 7 às 19 horas, para acompanhar a situação clínica dos pacientes em isolamento domiciliar no sentido de orientá-los sobre os cuidados necessários em saúde e identificar precocemente sinais e sintomas de gravidade.

Se for identificada a necessidade de atendimento presencial, os pacientes serão encaminhados para os serviços de saúde de urgência e emergência. O monitoramento será realizado durante 14 dias, período definido para o isolamento domiciliar e alta do paciente nas situações de cura. O serviço da Telemedicina contará com 18 estações de monitoramento compostas por computador, monitor, linha telefônica e web câmera para o contato com o paciente. Estes equipamentos foram cedidos pela SMS Goiânia e UFG.

telemedicina

Todas as normas de biossegurança estão garantidas aos profissionais de saúde. Já foram capacitados cerca de 30 profissionais. O trabalho começou na última terça-feira, 24/3, e está sob a coordenação do médico Dr. Alexandre Taleb da FM/UFG. A expectativa é que o serviço seja ampliado gradativamente de acordo com a demanda.

Fonte: SMS

Categorias: NOTÍCIAS Combate ao novo coronavírus Faculdade de Medicina